Arquivos do autor: Ravi

Nas próximas quinta e sexta-feiras, dias 25 e 26 de abril, o Centro Cultural UFG recebe o espetáculo “Casados?”, com Débora di Sá e Marcelo di Castro. O evento compõe a programação da Série Artes da Cena, do Edital de Programação do CCUFG, e os ingressos podem ser adquiridos no local com uma hora de antecedência. O musical circense conta, com muito humor, a história de início, meio, fim e reconciliação de um casamento, tudo ao som dos instrumentistas Ingrid Lobo e Emanuel Mastrela. FICHA TÉCNICA:  Elenco: Débora di Sá e Marcelo di Castro.Direção Geral: Gabriel Coelho.Produção: Felicia Garcia.Banda e arranjos: Ingrid Lobo e Emanuel Mastrela. SERVIÇO: Evento: Musical “Casados?”Local: Centro Cultural UFGDatas: 25 e 26 de abrilHorário: 20hEntrada: R$20,00 reais / R$ 10,00 (meia entrada)Endereço: Av. Universitária, 1533 – Setor Leste Universitário. Classificação Livre

Nos próximos dias 02 e 03 de maio, às 20h, o Centro Cultural UFG será palco do espetáculo teatral O Príncipe Feliz, uma livre adaptação do conto O Príncipe Feliz e Oscar Wilde, com encenação de José Regino e atuação dos atores Rita Alves e Luiz Eduardo Carneiro. A montagem trabalha com a linguagem da “palhaçaria” e do teatro de animação, para falar do encontro entre uma artista de rua que está a caminho da cidade do Show Business e quer o estrelato, com a estátua do Príncipe feliz. Este só é feliz no nome, pois a consciência cega, antes encarnada num corpo humano fez -se lúcida ao habitar um corpo estatuário. E a grandeza da realidade se fez notória quando o Príncipe, longe dos muros do palácio, foi colocado em um pedestal e pode contemplar todo o sofrimento de seu povo, do qual se apieda e é mortificado, mas que nada…

Leia mais

Na próxima terça-feira, dia 30 de abril, às 20h, o Centro Cultural UFG recebe o show de lançamento do disco Fronteiras, da banda Cao Laru, dentro da programação da Série Músicas, do Edital de Programação do CCUFG. Os ingressos podem ser adquiridos no local com uma hora de antecedência. RELEASE: A banda viajante Čao Laru – formada por quatro brasileiros, duas francesas e uma italiana – vem rodando o mundo em uma Kombi e motorhome desde 2015. No dia 30/04, o grupo chega a Goiânia para apresentar o show do seu novo disco, Fronteiras, no qual reflete sobre as barreiras que nos separam a partir das vivências que os músicos tiveram nos países que visitaram. Escute o disco em todas as plataformas: http://bit.ly/fronteiras_caolaru http://bit.ly/deezer_fronteiras http://bit.ly/fronteirascaolaru http://bit.ly/fronteiras_itunes http://bit.ly/fronteiras_googleplay SERVIÇO: Evento: Show Čao Laru – FronteirasLocal: Centro Cultural UFGDatas: 30 de abrilHorário: 20hEntrada: R$20,00 reais / R$ 10,00 (meia entrada)Ponto de Venda:…

Leia mais

A Quasar Cia. de Dança retorna aos palcos e apresenta sua 28ª obra “Estou sem silêncio” em única apresentação no Teatro Centro Cultural da UFG. RELEASE: A nova criação da Quasar Cia. de Dança “Estou sem silêncio” parte de formato e proposta inéditos para a Cia.  Uma “licença poética” em algo que já foi construído, criando uma obra com um ato de persistência que vai tocar e adentrar no universo feminino, diante de questões muito próprias. O corpo, sua imagem e sobretudo seus desejos conquistados ou questionados vão nortear os movimentos e as coreografias desta obra. Será a primeira vez que a Cia se debruçará neste sensível e delicado tema. A Quasar se desafiará nesta nova criação com a mesma qualidade e características que a tornaram reconhecidas no Brasil e no exterior. SERVIÇO: Evento: Espetáculo “Estou sem silêncio” – Quasar Cia. de Dança Local: Centro Cultural UFGDatas: 18 de abrilHorário: 20hEntrada: R$…

Leia mais

No próximo dia 14 de Abril (domingo), às 20h,  o Centro Cultural UFG recebe o concerto de inauguração da Orquestra Barroca da UFG. A iniciativa coloca a UFG como instituição de ponta na pesquisa e execução da música antiga no cenário nacional e tem entrada franca! RELEASE: A Orquestra Barroca da UFG é um grupo estável, cadastrado como projeto de extensão Universitária e abrigado na Escola de Música e Artes Cênicas da Universidade Federal de Goiás. O grupo se caracteriza pela utilização de instrumentos que são réplicas daqueles utilizados nos séculos XVII e XVIII. A Orquestra Barroca coloca a UFG como instituição de ponta na pesquisa e execução da música antiga, no cenário nacional. Neste concerto, serão executadas obras de compositores alemães de italianos, a exemplo de G. Ph. Telemann (1681-1767); Arcangelo Corelli (1653-1713) e Antonio Vivaldi (1678-1741). Ficha Técnica:  David Castelo – Direção artística; Nichola Dittrich Viggiano – violino barroco…

Leia mais

Nos dias 10 a 14 de Abril o Centro Cultural UFG receberá os concertos do IV Simpósio Internacional da Performance. O evento – que conta com coordenação geral de Gyovana Carneiro e direção artística de Ana Flávia Frazão – traz variado repertório de músicas de câmara com convidados nacionais e internacionais. Todas as apresentações têm entrada franca! Serviço: Evento: IV Simpósio Internacional de PerformanceLocal: Centro Cultural UFGDatas e horários: 10 e 11 de abril às 20h30 / 13 e 14 de abril às 11h Entrada: FrancaEndereço: Av. Universitária, 1533 – Setor Leste Universitário Para acompanhar a programação completa, clique no link

Na próxima semana, de 06 a 10 de maio, o Centro Cultural UFG recebe o espetáculo Dali vai à escola, com atuação  Adriana Veloso e direção de Hugo Rodas. Todas as apresentações serão gratuitas e os ingressos serão distribuídos para a comunidade externa sempre uma hora antes do início de cada sessão. Na sexta-feira, dia 10/05, às 20h, serão realizada uma apresentação em Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) e com projeção do texto da peça em um telão, visando atender espectadores com deficiência auditiva ou surdez. SINOPSE: Dali é um monólogo com a direção de Hugo Rodas e atuação de Adriana Veloso. Nele a atriz no papel de Salvador Dali joga, em desordem, seus pensamentos, seus tormentos de pintorfaminto de perfeição, seu amor por sua mulher, e suas idéias extraordinárias em campos diversos.  Afinal, quem melhor para falar de Dali do que ele mesmo? Ainda mais que fala de si com um…

Leia mais

Um repertório inédito de composições próprias, com temas que abordam a história da Cidade de Goiás, seu povo, suas tradições e seus personagens populares. SINOPSE: O presente projeto visa fazer a apresentação do espetáculo “Maria Grampinho”, da cantora Débora di Sá, o qual traz um repertório inédito de composições próprias, com temas que abordam a história da Cidade de Goiás, seu povo, suas tradições e seus personagens populares. A música retrata as tradições goianas e brasileiras, usando ritmos goianos como a catira, a folia e a batida típica da banda de couro de Pirenópolis, além de ritmos nordestinos, como o baião, o frevo e o maracatu. As canções contam a história da personagem popular Maria Grampinho, moradora da Cidade de Goiás, que catava grampos e objetos pela rua da cidade e morava no porão de Cora Coralina. Maria Grampinho é um trabalho de pesquisa, que traz ao público e principalmente…

Leia mais

A Oficina de Dramaturgia, conduzida pelo professor Carlos Rabelo tem por objetivo apresentar aos alunos participantes modos de escrita para a Cena e para o Audiovisual.Entre os temas abordados estão a Dramaturgia, suas diferentes concepções e práticas, o Drama e seus gêneros.Assim como a relação entre Drama e Política, e as utilização de exercícios de Escrita Criativa desenvolvidos para iniciantes na escrita dramatúrgica. MINISTRANTE:Carlos Rabelo dramaturgo, tradutor e músico. Doutorando em Artes Cênicas da Universidade Federal da Bahia- UFBA com pesquisa em Escrita Criativa e Commedia Dell’arte. Tem mestrado em Literatura pela UFG, também sobre dramaturgia e seu ensino. SERVIÇO:Data: 15/05/2019 (quarta-feira)Horário: 14hs às 17hsLocal: Centro Cultural UFGDuração: 3hValor: GratuitoInscrições pelo e-mail: carlosrabelo@gmail.comNúmero máximo de participantes: 30, com idade mínima de 16 anos.

RELEASE: Contrabaixista, arranjador e compositor, o goiano Bruno Rejan é reconhecido pela sua imprevisibilidade no discurso musical, além de ser um virtuose. O seu trabalho pode ser chamado de Jazz Brasileiro, Brazilian Jazz, mas é importante observar que a sua estética musical não se prende a estar dentro de um segmento específico. Esse ambiente musical pode ser identificado no seu primeiro álbum, lançado em 2017 com o nome de “Bruno Rejan”. Com composições autorais e dois arranjos para músicas de Guinga e Hermeto Pascoal, Rejan expressou sua forma particular de ouvir e sentir a música, apresentando uma sonoridade reconhecida por muitos. FICHA TÉCNICA: Diretor e contrabaixista: Bruno Rejan Baterista: Guilherme Santana Pianista: Henrique Reis Produção Executiva: Elis Florentina SERVIÇO: Evento: Bruno Rejan – Brazilian Jazz Local: Centro Cultural UFG Data:21 de Maio de 2019 Horário:20h Entrada: R$20,00/ R$10,00 (meia entrada) Ponto de Venda: Centro Cultural UFG, a partir das 19h.…

Leia mais

10/23